Apologética Católica

Estudo Bíblico – Davi aparece na Bíblia pela primeira Vez


Fim do Cap. II da Lição 5

Estudo Bíblico: Julgados pela sua fraqueza –

A história que lemos no livro dos juízes corrobora isso. O “tema” do livro de Juízes ensina sobre a infidelidade de Israel, suas repetidas quedas na armadilha da idolatria dos deuses dos cananeus. O livro inteiro, na verdade, consiste numa prova da fidelidade de Israel à sua aliança com Deus.

O narrador do livro de Juízes nos diz que Deus permitiu que os pagãos permanecessem na Terra Prometida para provar a fidelidade de Israel à sua aliança “para provar a Israel através deles [os pagãos] … para ver se eles guardavam os mandamentos que o Senhor tinha prescrito a seus pais por meio de Moisés “(Jz 3, 1, 4).

Josué previra a fraqueza de Israel. No final de sua vida, como Moisés, Josué convocou Israel para renovar sua aliança com Deus (ver Jos 24, 13-28). Ele disse ao povo que eles tinham que escolher: “digam hoje a quem servirão, se aos deuses que seus pais serviram na Mesopotâmia, ou aos deuses os amorreus que ocuparam a terra em que agora vivem “(Jos 24,15).

No entanto, Josué, como Moisés, previu que eles não seriam capazes de cumprir a aliança (cf. 24,19; De 31,16, 24-29). E ele tinha razão. Israel não passou no teste. Esta é a mensagem do livro de juízes. Por causa disso, a história que nós lemos aqui se repete em um ciclo de pecado, castigo, arrependimento e novamente recaída.

Nascido em Belém

No entanto, no meio da corrupção e fraqueza de seu povo, Deus continuou a desenvolver sua plano de salvação. Isto é o que aprendemos com o livro de Rute, uma história verdadeira do “tempo do juízes “(Rt 1, 1).

Rute aparece neste ponto da Bíblia para nos lembrar que Deus estava trabalhando silenciosamente, de forma oculta e não apenas nos grandes eventos políticos e militares da história de Israel, mas também nas vidas de pessoas comuns, incluindo a dos não-israelitas, para cumprir as promessas de sua aliança.

Durante a conquista da Terra Prometida por Josué, Deus usa Raabe, uma mulher pagã e prostituta, para garantir o sucesso do seu plano (ver Jos 2, Heb 11:31, Sant 2,25). Da mesma forma, no tempo dos juízes, Deus novamente escolhe uma mulher pagã, desta vez a serva Rute, para avançar seu plano de salvação, da mesma forma que ele também envolveu Raabe.

Raabe tem a fé para reconhecer o Deus dos israelitas como um verdadeiro Deus (veja Jos 2,11; 6,25). Rute faz votos ao Deus de Israel e se utiliza da linguagem de uma aliança: “Seu povo será o meu povo e o seu Deus será o meu Deus “(Rt 1,16).

Rute casa-se com Boaz, um homem justo de Belém que é, ele nos diz, nada mais nada menos que o filho de Raabe (cf. Rt 1, 1, 19; Mt1, 5-6). Boaz gera um filho para Rute, Obede, que será o pai de Jessé. O último parágrafo do livro Rute nos diz que Jessé “era o pai de Davi” (Rt 4:17). Esta é a primeira menção a Davi na Bíblia.

Como é lindo perceber a forma como Deus trabalha incansávelmente para nos resgatar de nossa infidelidade! Usando-SE de uma prostituta para gerar o homem, Boaz, que por sua vez se casaria com uma pagã, Rute; Ele traz ao mundo Jessé, e finalmente, Davi!

No capítulo III veremos oss acertos e erros dos reis e saberemos mais sobre a serva Ana.

3 respostas »

  1. Boa tarde! Esta postagem indica que é o final do capítulo II da lição 5, mas não encontrei em outras postagens o capítulo I e o início do capítulo II, foram postados? Obrigada e parabéns pela iniciativa, estou aprendendo muito! Pax Domini!

    Curtir

Seja respeitoso. Atenha-se ao tema do post. Comentários fora do tema original poderão ser excluídos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s